arquivo > Agosto de 2015

Não é justo desistir de querer voar

inspirada na carranca de um navio irlandês / Foto JR 2015

Os voos de Dédalo e de Ícaro - escrevo olhando para uma imagem do elegante símbolo da companhia aérea Ryanair, símbolo inspirado na carranca de um histório navio irlandês -, os voos de Dédalo e de Ícaro tiveram desfechos diferentes. Dédalo, o construtor, sobreviveu voando longe do sol e do mar, mas viu seu filho Ícaro voar tão alto e morrer nas águas do Mar Egeu quando a energia solar derreteu as asas com que voava. Mas apesar desta lenda mitológica, não é justo desistir de querer voar.

Sem falta de comparência dos adversários

Igreja da Lapa, onde o Porto guarda o coração de D. Pedro IV / foto JR

A reação do prof. Sampaio da Nóvoa à entrada da drª Maria de Belém na corrida à Presidência da República (revelando surpresa e agrado mas sem qualquer esmorecimento na candidatura por ele já protagonizada) é - repito - mais um sinal de que temos em António Sampaio da Nóvoa um candidato vencedor, capaz de recuperar a nobreza da acção e do pensamento políticos, cuja eleição, que celebrarei com entusiamo e alegria, acontecerá sem qualquer sombra, nem sequer a da falta de comparência de adversários de peso.

Um homem quando vai para velho

Veneza, velho a entrar no mar

Um homem quando vai para velho corre sérios riscos de passar a ser considerado lixo e tratado como tal até ser, na primeira oportunidade, entre muitas possibilidades que não exclusivamente a da morte física, definitivamente lançado na lixeira ou na compostagem, como algo que há muito incomoda mas que, por inércia ou pudor, tem sido suportado. Isto acontece quando alguém começa a dizer ao velho que está na hora de começar a escrever o testamento vital e que o primeiro parágrafo desse testamento pode muito bem começar com um "estou a pensar que um homem quando vai para velho"...